Menu

(83)3044-3282 (JP)    (83)2102-0800 (CG)       Siga-nos

Todas as Notícias

Receitas próprias e transferências crescem acima da inflação

As receitas próprias do Estado fecharam em alta no acumulado de janeiro a maio. Os números superaram mais de R$ 2,285 bi, contra 2,108 bilhões de reais arrecadados no mesmo período de 2016, o que garantiu um incremento de R$ 177 milhões, ou seja, crescimento de 8,41%.

Já o desempenho das transferências constitucionais, nos cinco primeiros meses deste ano, ficou em R$ 1,894 bi, incremento superior a 128 milhões, comparado com o mesmo período do ano passado, que foi de R$ 1,765 bi. Em percentuais, acréscimo de 7,29.

Somadas as duas fontes de recursos, o Estado da Paraíba dispôs em caixa o equivalente a R$ 4,180 bi, enquanto que a soma do mesmo período de 2016 ficou somente em R$ 3,874 bi. Isto significa que em 2017 entraram nos cofres do Governo Estadual quase 306 milhões a mais do que no ano passado (7,90%).

Os índices de crescimento dos re

Transparência do TCE

O qualificado trabalho desenvolvido pelo Tribunal de Contas do Estado da Paraíba, TCE-PB, projeta o nosso órgão de fiscalização para uma posição de destaque em meio aos organismos de todo o país.

É louvável a iniciativa do TCE de disponibilizar para consulta pública os gastos das gestões, inclusive demonstrativos das despesas relativas à folha de pessoal, uma vez que a publicização dos dados cumprem o que determina a Lei de Acesso à Informação (nº 12.527/2011), em consonância com a Constituição Federal.

O Sindifisco-PB parabeniza à gestão do Tribunal de Contas, que tem à frente o conselheiro presidente, Dr. André Carlo Torres.

Sindifisco-PB doa mais de uma tonelada de alimentos

O diretor financeiro e de patrimônio do Sindifisco-PB, Jaimar Medeiros, esteve no hospital Padre Zé e Vila Vicentina, onde em nome do Sindicato entregou donativos às duas entidades filantrópicas que desenvolvem trabalho social em João Pessoa.

Nas visitações realizadas quinta-feira última (22), foram doadas 24 feiras a cada instituição, totalizando mais de 380 kg de feijão, arroz, açúcar e macarrão, gêneros arrecadados com o Forró Fiscando (10/06), edição que superou uma tonelada em alimentos recebidas dos filiados ao Sindicato.

Outras entidades também foram beneficiadas com cestas básicas, tendo sido selecionadas conforme o projeto social que desenvolvem para assistir a comunidade carente.

Sindifisco-PB encaminha lista dos codificados para PF

Em busca da verdade dos fatos, a diretoria do Sindifisco-PB encaminhou à Polícia Federal a lista dos trabalhadores estaduais codificados, disponibilizada ao sindicato pelo Tribunal de Contas do Estado.

O Sindifisco-PB também enviou ao Tribunal de Contas ofício no qual solicita daquele órgão fiscalizador informações auditadas da folha de pagamento de janeiro de 2013 a dezembro de 2016, com detalhamento de local de trabalho, CPF, nome, cargo, valor bruto, descontos e valor líquido dos trabalhadores codificados, prestadores de serviço e comissionados não efetivos lotados em todos os órgãos estaduais.

Justiça obriga Governo do Estado a repassar o que deve à UEPB

O Tribunal de Justiça da Paraíba (TJPB), através de decisão liminar proferida pela desembargadora Maria de Fátima Moraes Bezerra Cavalcanti, determinou que o repasse do duodécimo da Universidade Estadual da Paraíba (UEPB) seja realizado conforme a previsão disposta no Cronograma de Desembolso Mensal (CDM) do Governo do Estado, publicado no Diário Oficial da União (DOU) no dia 25 de janeiro de 2017.

 

Com a decisão, o Governo do Estado terá que repassar a Instituição o valor referente a diferença entre o que está disposto no Cronograma de Desembolso Mensal e o que foi fixado mensalmente pelo Governo, no período de fevereiro a junho deste ano. De acordo com o CDM, o repasse mensal de recursos para a Universidade deve ser de R$ 24.220.000,00, mas o Poder Executivo Estadual estava repassando, mês a mês, valor inferior.

 

Fenafisco critica os impactos negativos da Lei Kandir nos estados

Em audiência pública na Câmara dos Deputados, entidade aponta alternativa para o reequilíbrio financeiro dos entes federados

 

Em cumprimento a mais uma agenda de trabalho no Congresso Nacional, a Federação Nacional do Fisco Estadual e Distrital (Fenafisco), representada pelo diretor Pedro Lopes, foi ouvida nesta terça-feira (20), pela comissão especial, presidida pelo deputado Arnaldo Jordy (PPS-PA), para aprofundar as discussões sobre o Projeto de Lei Complementar 221/98, que propõe novos critérios de compensação dos estados pelas perdas de arrecadação decorrentes da Lei Kandir.

 

Na oportunidade, o dirigente da Fenafisco advertiu que a crise financei

Refis do IPVA: Adesão à renegociação de dívidas começa hoje (20)

Redação Tambaú 247 - Começa nesta terça-feira (20) o prazo de adesão ao Programa de Recuperação Fiscal do Imposto sobre a Propriedade de Veículos Automotores (IPVA-Refis). Essa é a oportunidade dos donos de veículos renegociarem as dívidas com desconto de até 100% das multas de mora e de ofício.

O sistema corporativo da Receita Estadual, conhecido por ATF, passa ainda por ajustes para incluir as novas regras do Refis, que ficarão disponíveis aos contribuintes paraibanos a partir desta nova data. Para renegociar, os interessados poderão procurar as Recebedorias de Renda de João Pessoa e de Campina Grande; as Coletorias ou em qualquer unidade do Detran-PB, que tenham servidores da Receita Estadual para fazerem as simulações e a adesão.

Conforme a Lei 10.912, que instituiu o IPVA-Refis com dispensa

Juiz manda bloquear R$ 5 milhões do Iass e PBPrev para pagar pessoal do Caso Ipep

Para finalmente viabilizar o pagamento de direitos e vantagens retirados há mais de seis anos dos contracheques de servidores do antigo e atual instituto de previdência do funcionalismo estadual, o juiz Gutemberg Cardoso Pereira, de João Pessoa, determinou hoje (19) o bloqueio de R$ 5 milhões de reais das contas bancárias de duas autarquias do Estado.

Com urgência, assinala o magistrado, deverão ser bloqueados R$ 2,5 milhões do Instituto de Assistência à Saúde do Servidor (Iass) e outros R$ 2,5 milhões da PBPrev – Paraíba Previdência. Além disso, os presidentes do Iass e PBPrev foram multados em R$ 300 mil, cada, e tiveram suas contas pessoais também bloqueadas.

Beneficiados pela ordem do juiz Gutemberg, titular da 3ª Vara da Fazenda Pública da Capital, aguardam há um ano pela execução de sentença em favo

Presidente do Sindifisco avisa que levará caso dos codificados para a Polícia Federal e Ministério Público Federal

O caso dos codificados ainda tem muito combustível para queimar. Depois de ser ouvido pela Polícia, em inquérito determinado pelo governador Ricardo Coutinho, o sindicalista Manuel Isidro, presidente do Sindifisco, revelou no programa Intrometidos que levará documentos à Polícia Federal e Ministério Público Federal, uma vez que os recursos de pagamento dos codificados são federais.

“Nós nada mais fizemos do que tornar pública, junto à Imprensa, uma relação que foi enviada pelo Tribunal de Contas do Estado, que, por sua vez, obteve os dados diretamente da Secretaria de Saúde do Estado, então nada temos a temer”, acrescentou Manuel Isidro. Ele disse que, durante depoimento à Polícia repassou exatamente os documentos recebidos do TCE, com os dados dos codificados.

Ainda segundo informações do sindicalista, com

STF determina repasse de R$ 19,5 milhões para a Defensoria da Paraíba

O governador Ricardo Coutinho vai ter que repassar R$ 19,5 milhões para a Defensoria Pública. A decisão é do Supremo Tribunal Federal (STF), que não acatou um recurso do governo do Estado questionando o repasse do duodécimo de 2013, que foi fixado em R$ 67 milhões.

 

O valor repassado naquele ano foi abaixo do previsto no orçamento da Defensoria, mesmo a Justiça determinando o repasse integral.

 

O Estado alegou que estaria repassando dentro da lei, mas os argumentos não foram aceitos pelo Supremo. Agora a Defensoria irá acionar o governo para repassar os recursos dentro do previsto em lei.

 

“Já notificam

Quadro recessivo ainda impacta arrecadação, diz Receita Federal

A arrecadação de impostos e contribuições ainda sofre o efeito a recessão econômica, afirmou hoje (20) o chefe do Centro de Estudos Tributários da Receita Federal, Claudemir Malaquias. Os dados mostram que a arrecadação de impostos e contribuições federais chegou a R$ 97,694 bilhões em maio, com queda 0,96% em relação ao mesmo período de 2016. Foi o menor resultado para o mês desde 2010 (R$ 97,523 bilhões).

 

“O quadro recessivo continua impactando a arrecadação. Tivemos diversos fatores que contribuíram para o desenvolvimento satisfatório da economia, mas não contribuíram para a arrecadação”, disse Malaquias. Ele destacou que o agronegócio já apresenta expansão,

Entrega dos alimentos arrecadados no Forró Fiscando

O Sindifisco-PB iniciou a entrega dos donativos arrecadados por ocasião do 14º Forró Fiscando, realizado dia 10 último, no Clube Cabo Branco, em João Pessoa.

A campanha resultou em mais de uma tonelada de alimentos não perecíveis, que foram divididos em cestas básicas e cujas instituições já previamente cadastradas serão contempladas com, no mínimo, 40 kg de donativos, dependendo do trabalho filantrópico e número de pessoas assistidas pelos projetos sociais.

Desde a primeira edição do Forró Fiscando, a categoria fiscal vem aderindo à campanha, por isso, a diretoria do Sindfisco-PB reitera os agradecimentos aos colegas que, mais uma vez, compreenderam o espírito solidário do evento.

São João das Gerências

O presidente do Sindifisco-PB, Manoel Isidro, esteve em Patos quarta-feira última (14), onde prestigiou os festejos juninos organizados pelos colegas da 4ª Gerência Regional de Fiscalização.

Além das comidas típicas e do arrasta-pé no salão ao som da sanfona, predominou também o companheirismo das auditoras e dos auditores fiscais e seus familiares.
A diretoria do Sindifisco-PB prestigiará os demais festejos juninos.

TSE lança campanha nas redes sociais para acabar com mitos eleitorais

Com o objetivo de esclarecer questões sobre o processo de votação, opções de voto e o resultado de uma eleição, o Tribunal Superior Eleitoral (TSE) lançou neste domingo (18) em suas redes sociais a campanha Mitos Eleitorais. O primeiro tema a ser abordado na fanpage, no Facebook e no perfil do tribunal no Twitter será “Votar nulo anula uma eleição?”.

A ideia da campanha, que será veiculada este mês e em julho, é desmistificar alguns temas e esclarecer o eleitor brasileiro. Para isso, foram criados nove vídeos de curta duração, animados, com infográficos para as redes sociais.

Os demais temas da campanha são “Voto em branco vai para quem está ganhando?”, “Voto em branco é igual a voto nulo?”, “É eleito sempre o candidato que possui mais votos?”, “Quem n&

Guarda Municipal de JP realiza campanha de doação de sangue

Os agentes da Guarda Municipal de João Pessoa estarão realizando uma campanha de doação de sangue nesta terça (20) e quarta-feira (21), na Secretaria de Segurança Urbana e Cidadania, localizada na Rua Almirante Barroso, nº 668, no Centro da Capital. As doações são voluntárias e vão compor o banco de sangue do Hemocentro. O horário de doação será das 8h às 16h.

 

A campanha pretende servir para conscientização entre os Guardas municipais, a fim de auxiliar o abastecimento do Hemocentro, principalmente nesse período de festas, onde a demanda costuma aumentar. Os voluntários que não pertencem à Guarda e quiserem fazer a doação sanguínea podem procurar a unidade móvel do Hemocentro na base da Guarda.

 

Cuidados necessários – Para doar sangue, existe

Sindifisco-PB participa do 2º Congresso Luso-Brasileiro de auditores fiscais da língua portuguesa

A diretoria do Sindifisco-PB participou a 2º edição do Congresso Luso-Brasileiro de Auditores Fiscais, em Fortaleza, Ceará.

Na oportunidade foi instituída a Rede dos Auditores Fiscais de Língua Portuguesa, uma entidade binacional que visa aglutinar forças e representar os interesses comuns dos profissionais da auditoria e inspeção tributária e aduaneira junto às instituições supranacionais, aos governos, parlamentos ou casas legislativas.

A diretoria da Rede foi eleita durante a solenidade de apresentação. Nuno Barroso, presidente da APIT, foi eleito por aclamação para presidir a entidade, tendo como vice-presidente, Roberto Kupski, e Lirando de Azevedo Jacundá como secretário-geral, representando a Febrafite.

Nuno Barroso manifestou que a Rede surge como concretização do empenho colocado n

Conselho Deliberativo da Fenafisco aprova adesão à Greve Geral do dia 30 de Junho

NOTA PÚBLICA

O Conselho Deliberativo da Federação Nacional do Fisco Estadual e Distrital (Fenafisco), em sua 182ª Reunião Extraordinária, realizada na cidade de São Luís-MA, nos dias 8 e 9 de junho de 2017,
CIOSO de seu compromisso irrenunciável com a defesa dos legítimos direitos de seus representados e da sociedade brasileira,

CONVICTO de que a Fenafisco e seus sindicatos filiados não haverão de fazer valer esses direitos, especialmente em face das deletérias reformas previdenciária e trabalhista, sem uma vigorosa e persistente mobilização social levada a cabo pelo amplo conjunto dos brasileiros que vivem do trabalho, 

DECIDIU, POR UNANIMIDADE, ADERIR à GREVE GERAL do próximo dia 30 de junho, convocada pelas Centrais sindicais - inclusive pela PÚBLICA, a Central do Servidor,

PARA DAR CUMPRIMENTO &ag

Reforma trabalhista não garantirá geração de empregos, diz OIT

Não há evidências de que a reforma trabalhista em estudo no Brasil conseguirá gerar empregos. A avaliação é do diretor da Organização Internacional do Trabalho (OIT), Peter Poschen. No Estadão

 

O dirigente criticou o discurso de que o país vai “modernizar” a legislação trabalhista, mas sem estabelecer um objetivo. “Concordo em modernizar, mas parece que o objetivo é bem vago”, disse.

 

Em audiência conjunta da Comissão de Assuntos Econômicos (CAE) e de Assuntos Sociais (CAS) do Senado, em maio, o diretor da entidade rebateu o discurso do governo federal de que a reforma trabalhista conseguirá melhorar as condições do mercado de trabalho.

 

“Sobre a compreensão dos impactos, essa afirmação de que a reforma vai gerar emprego tem pouca ev

Empresas são condenadas em R$ 1 milhão por terceirização ilícita

Duas empresas, integrantes de um mesmo grupo econômico, foram condenadas a pagar R$ 1 milhão de indenização por danos morais coletivos causados por terceirização ilícita de motoristas de caminhão. A decisão é da 9ª Turma do Tribunal Regional do Trabalho da 4ª Região que reduziu o valor da indenização, que era de R$ 11 milhões. No Conjur

 

A contratação considerada ilegal foi feita por uma empresa de logística, que trabalha com transporte rodoviário de cargas, principalmente, entre Brasil e Argentina. No entanto, a outra empresa também deve arcar solidariamente com a condenação por fazer parte do mesmo grupo econômico.

 

A ação foi movida por um sindicato de trabalhadores rodoviários que apontou que a empresa de logística terceirizava sua atividade princip

Fenafisco fortalece CPI da Previdência no Senado Federal

Entidade apresenta alternativa para reequilibrar as finanças dos estados

 

Os diretores da Fenafisco, Pedro Lopes (Assuntos Parlamentares) e Francelino Valença (Formação Sindical) participam nesta quarta-feira (14),  de mais uma audiência pública interativa promovida pela Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) da Previdência.

 

Neste momento, Lopes apresenta proposta defendida pelo Comitê de Secretários da Fazenda dos Estados (Comsefaz), que propõe a instituição de Fundo de Previdência dos Estados e do Distrito Federal, por meio do compartilhamento das contribuições sociais arrecadadas pela União (PIS, Cofins, CSLL ) com estados e municípios, na proporção de 17,5 %, de modo a cobrir a necessidade de aporte do Tesouro nas previdências dos servidores públicos estaduai

Oposição lê votos em separado ao relatório da reforma trabalhista em comissão

 Brasília - O senador Ricardo Ferraço faz a leitura do relatório sobre a proposta de reforma trabalhista,na Comissão de Assuntos Sociais do Senado (Marcelo Camargo/Agência Brasil)

 

O senador Paulo Paim (PT-RS) apresentou hoje (13) voto em separado contrário à reforma trabalhista (PLC 38/2017) na Comissão de Assuntos Sociais (CAS). Paim iniciou a leitura do voto logo após o relator do projeto, Ricardo Ferraço (PSDB-ES), apresentar seu parecer favorável à proposta.

 

Ferraço leu apenas um resumo do parecer que tem 79 páginas. No texto, o relator defende que a reforma trabalhista aperfeiçoa leis para que o mercado de trabalho gere oportunidades para todos. Ele também argumenta que o mercado de trabalho passa por constantes mudanças e isso demanda adequação da legislação trabalhi

Quartas de protestos

A próxima quarta-feira será marcada por mais um dia de mobilização das auditoras e dos auditores fiscais, na rotina de protestos nos setores de trabalho do Fisco, em resposta ao descaso e a falta de diálogo por parte do Governo do Estado.

As Quartas da Indignação unem toda a categoria fiscal num único sentimento de reprovação à postura de intransigência governamental, que não respeita o Fisco Estadual e se recusa a buscar soluções, conjuntamente, para melhorar ainda mais a arrecadação do Estado.

Em assembleia extraordinária (31/05), os filiados ao Sindifisco-PB definiram que serão implementadas novas ações dentro do movimento reivindicatório do Fisco Estadual.

São João do Sindifisco-PB reúne filiados em grande noite no Clube Cabo Branco

Quase seis horas de autêntico forró pé-de-serra. Assim foi a 14ª edição do Forró Fiscando, que reuniu uma grande quantidade de filiados ao Sindifisco-PB, sábado último (10), no Clube Cabo Branco, em João Pessoa.

O evento arrecadou mais de uma tonelada de alimentos não perecíveis que serão doados a entidades carentes, já previamente cadastradas. O gesto solidário dos filiados ao Sindifisco-PB reafirma o espírito solidário do Forró Fiscando, iniciativa elogiada pelo Secretário da Receita, Marcone Frazão, que prestigiou o festejo da categoria fiscal.

Ao saudar a categoria fiscal e o Secretário da Receita, o presidente do Sindicato, Manoel Isidro, afirmou que toda a diretoria se sentia agradecida a todos os colegas presentes ao São João do Sindifisco-PB.

O forró foi aberto pelo Os 3

Codificados: Fenafisco aprova voto de apoio ao Sindifisco-PB

A Federação Nacional do Fisco Estadual e Distrital, representando mais de 31 mil auditores fiscais, reunidos na 182ª Reunião Extraordinária do Conselho Deliberativo, na cidade de São Luís-MA (8 e 9/jun), diante dos lamentáveis acontecimentos ocorridos na Paraíba, aprovou por unanimidade voto de irrestrito APOIO ao presidente do Sindifisco-PB e demais diretores.

Segundo a nota, “o Sindifisco-PB é uma entidade que desfruta de insuperável conceito em todo o País e, notadamente, destaca-se também em meio ao segmento das entidades representativas do Fisco Estadual e Distrital pelo respeito e compromisso na luta incansável em defesa do Serviço e dos Servidores Públicos".

As entidades do Fisco são enfáticas ao afirmar: "Estranha-se, portanto, que o Governo do Estado da Paraíba em vez da trazer às claras os problemas que,

TCE disponibiliza remunerações de servidores municipais e do Estado para consulta; veja

O Tribunal de Contas do Estado (TCE-PB) está disponibilizando para consulta da sociedade os valores das remunerações de servidores estaduais e municipais. Os números estão disponíveis através do Serviço de Acompanhamento dos Recursos da Sociedade (Sagres). Os dados referentes aos salários foram acrescentados no mesmo espaço de divulgação dos nomes e matrículas dos profissionais. Podem ser vistos os servidores efetivos, comissionados, eletivos, estagiários, celetistas e os contratados por excepcional interesse público. Para localizar os dados, basta escolher o órgão e o cargo especificado. Confira aqui.

No sistema, é possível consultar dados de profissionais ligados a todos os setores do Estado (governo, Assembleia Legislativa, Ministério Público, Judici&aacu

Com diálogo há vitoriosos

Vários fatores contribuem para o êxito de uma gestão pública. Uma delas, evidentemente, é a busca permanente do diálogo com os servidores públicos.

E foi primando pelo diálogo que a prefeitura de João Pessoa e os auditores fiscais tributários do município chegaram a um acordo, adiando para o final do mês um possível movimento grevista da categoria.

O prefeito pediu um prazo, e até o final do mês irá a Brasília tentar conseguir recursos para compensar as perdas com o ICMS da Capital, que, segundo a administração, foi a mais prejudicada com os novos cálculos dessa modalidade de imposto.

A postura adotada reafirma que onde prevalece diálogo ganham os gestores, os servidores e, principalmente, a população.

Após Galdino pedir “segredo” sobre codificados, Ministério Público promete investigar

Bertrand Asfora diz que porta para o serviço público tem que ser o concurso

 

Parece não ter dado muito certo o esforço do deputado estadual Adriano Galdino (PSB) para impedir a investigação dos codificados. O parlamentar inventou um modo novo de pedir aos colegas para não alardearem o problema nos contratos de pessoal no governo. Trocou o sussurro nos gabinetes pela tribuna da Assembleia Legislativa com o pedido para que o tema fosse abafado na Casa. Caso contrário, ele reforça, o Ministério Público da Paraíba seria obrigado a investigar e fazer cumprir a lei. O cumprir a lei, segundo ele, seria cobrar a realização de concurso público. O método ruidoso fez com que o procurador-geral de Justiça, Bertrand Asfora, anunciasse publicamente a abertura de procedimento para apurar o caso.

 

<

SPC: 58% dos consumidores planejam reduzir gastos em junho

Os consumidores que planejam reduzir os gastos em junho chegam a 58%, de acordo com o Indicador de Propensão ao Consumo, calculado pelo Serviço de Proteção ao Crédito (SPC Brasil) e pela Confederação Nacional dos Dirigentes Lojistas (CNDL).

 

Segundo a pesquisa, os principais motivos são a tentativa de economizar (23%), os preços mais elevados (18%), o fato de estarem endividados (15%) ea redução de renda (10%).

 

A maior parte dos entrevistados diz que não tem sobra nem falta de dinheiro (42%) e 37% dizem estar no “vermelho”, sem conseguir pagar todas as contas. Somente 15% dizem estar com sobra de dinheiro. Excluindo itens de supermercado, na lista dos produtos que os consumidores pretendem comprar em junho, roupas, calçados e acessórios foram citados por 23%. Em seguida, aparecem os itens de farmácia (22%), recarga de celul

Eunício diz que reforma trabalhista só vai ao plenário depois de passar pela CAS

O presidente do Senado, Eunício Oliveira, disse hoje (7) que só levará ao plenário o texto da reforma trabalhista, depois de a proposta ter passado, pelo menos, pela Comissão de Assuntos Sociais (CAS). O relatório do senador Ricardo Ferraço (PSDB-ES) pode ser lido nesta quinta-feira (8) no colegiado e somente depois será votado. Ao ser questionado se com a aprovação de um requerimento de urgência o texto poderia ser votado no plenário antes de terminar o trâmite na CAS, o senador disse que seria uma atitude “açodada”.

 

“Eu espero que, pelo menos, passe nas comissões de mérito. Não fiz um compromisso com o governo, nem com a liderança nem com ninguém, mas tenho um compromisso comigo mesmo de que devemos valorizar as comissões e, como presidente da Casa, ao definir o encaminhamento para duas comissões d

Dirigentes da Fenafisco prestigiam lançamento de publicação da Anfip

O presidente da Fenafisco, Charles Alcantara, acompanhado pelos diretores Celso Malhani (Aposentados e Pensionistas) e Francelino Valença (Formação Sindical), prestigiou nesta terça-feira (6) o lançamento do livro “A duras Penas”, de Vilson Romero, presidente do Conselho Executivo da Associação dos Auditores Fiscais da Receita Federal (Anfip).

 

A cerimônia de lançamento e sessão de autógrafos da publicação foi realizada na sede da entidade, em Brasília. O evento reuniu autoridades, parlamentares, servidores do Fisco e lideranças sindicais.

 

 O livro é uma coletânea com artigos que tratam dos mais diversos temas, voltados ao interesse dos auditores fiscais e da população. 

 

A publicação aborda assuntos como a reforma da Previdência e os prejuí

Página 1 de 100 [1 2 3 4 5 6 7 8 9 > >> ]