Menu

(83)3044-3282 (JP)    (83)2102-0800 (CG)       Siga-nos

Todas as Notícias

Banco do Brasil é considerado o mais sustentável do mundo

BB foi o primeiro do setor financeiro no ranking Global 100 de 2019

 

O Banco do Brasil foi considerado a instituição financeira mais sustentável do mundo e está entre as top 10 Corporações Mais Sustentáveis no ranking Global 100 de 2019, da Corporate Knights. O anúncio foi feito hoje (22), no Fórum Mundial Econômico em Davos, na Suíça.

 

 

Alocação de R$ 193 bil na economia verde impulsionou classificação do BB no ranking - Arquivo/Agência Brasil

Dentre as mais de 7.500 empresas avaliadas, o BB ficou em primeiro lugar no segmento financeiro e em oitavo no ranking mundial.

 

Segundo o BB, um dos destaques do banco para a classificação na lista de 2019 foi a alocação de R$ 193 bilhões em setores da chamada eco

Patrimônio dos 26 mais ricos do mundo equivale ao da metade mais pobre

A fortuna dos bilionários aumentou em 2018 e os números indicam que a riqueza está ainda mais concentrada

 

As 26 pessoas mais ricas do mundo detêm a mesma riqueza dos 3,8 bilhões mais pobres, que correspondem a 50% da humanidade. Os dados, referentes a 2018, fazem parte do relatório global da organização não governamental Oxfam, lançado nesta segunda-feira (21/1), às vésperas do Fórum Econômico Mundial, que se inicia nesta terça-feira (22/1) em Davos, na Suíça. Os números indicam que a riqueza está ainda mais concentrada, pois, em 2017, os mais ricos somavam 43.

 

A fortuna dos bilionários aumentou 12% em 2018, o equivalente a US$ 900 bilhões, ou US$ 2,5 bilhões por dia. A metade mais pobre do planeta, por outro lado, teve seu patrimônio diminuído em 11% no mesm

Mercado prevê inflação de 4,01% e alta de 2,53% no PIB para este ano

A inflação, calculada pelo Índice Nacional de Preços ao Consumidor Amplo (IPCA), deve ficar em 4,01% este ano. Essa é a previsão de instituições financeiras consultadas pelo Banco Central (BC) todas as semanas sobre os principais indicadores econômicos.

 

Na semana passada, a projeção para o IPCA estava em 4,02%. A estimativa segue abaixo da meta de inflação (4,25%), com intervalo de tolerância entre 2,75% e 5,75%, este ano.

 

Para 2020, a projeção para o IPCA segue em 4%, há 81 semanas seguidas. Para 2021 e 2022, a estimativa permanece em 3,75%.

 

A meta de inflação é 4%, em 2020, e 3,75%, em 2021, com intervalo de tolerância de 1,5 ponto percentual para os dois anos (2,5% a 5,5% e 2,25% a 5,25%, respectivamente).

 

O BC usa como principal instrumento a taxa

Receitas do Estado têm incremento superior a R$ 744 milhões em 2018

A receita própria (ICMS, IPVA, ITCD e Taxas) do Estado da Paraíba, em 2018, superou R$ 6 bilhões. Isso significa um aumento de mais de R$ 499 milhões em relação ao arrecadado em 2017 (R$ 5, 5bilhões), ou seja, incremento de 8,97%.


As transferências constitucionais (FPE, Fundeb, Cide, Fex, IOF-Ouro, IPI-Exp, Lei Kandir e Royalties) somaram, em 2018, mais de R$ 4, 4 bilhões. Comparando com o ano de 2017, quando as transferências atingiram, aproximadamente, R$ 4, 2 bilhões, o aumento foi de R$ 245 milhões, (incremento de 5,82%).


Somando a receita própria e as transferências, a Paraíba co

Mais da metade das capitais revisam impostos para aumentar arrecadação

Dos 26 principais municípios, ao menos 13 terão reajuste acima da inflação nos tributos sobre imóveis para melhorar o orçamento deste ano, a única exceção é São Paulo, com alta de 3,5%

 

Ao menos metade das 26 capitais brasileiras terão reajustes no Imposto Predial e Territorial Urbano (IPTU) acima da inflação neste ano. O movimento ocorre para aumentar a arrecadação, mas será insuficiente para equilibrar o orçamento dos municípios.

 

Pelo menos 14 das principais capitais já anunciaram altas nos preços do IPTU cobrado em 2019. Dessas, apenas São Paulo afirmou reajuste de 3,5%, abaixo da inflação de 2018 – 3,75%, segundo os últimos dados do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE).

 

De acordo com o economista da Funda&cced

Fenafisco articula estratégias contra a Reforma da Previdência proposta pelo Planalto

A convite da Associação Nacional dos Magistrados da Justiça do Trabalho (Anamatra), o diretor de Aposentados e Pensionistas da Fenafisco, Celso Malhani, participou nesta quarta-feira (16) de reunião em Brasília, junto a entidades representativas do serviço público para discutir estratégias de enfrentamento à nova proposta de reforma da Previdência, que prevê a implantação do sistema de capitalização para as aposentadorias.

 

Na ocasião, o grupo organizou o plano de ação para as próximas semanas, que compreende a divulgação de carta pública assinada pelas carreiras típicas de Estado, com o posicionamento contrário à reforma da Previdência, promoção de campanha nas redes sociais, mobilização no Congresso Nacional em defesa da manuten&c

Nascidos em janeiro e fevereiro começam a receber abono salarial

Ao todo, 3,4 milhões de trabalhadores serão beneficiados

 

Os trabalhadores que ganham até dois salários mínimos nascidos em janeiro e fevereiro começaram a receber hoje (15) o abono salarial do Programa de Integração Social (PIS). Os servidores com inscrição final 5 no Programa de Formação do Patrimônio do Servidor Público (Pasep) também começaram a ter o benefício depositado.

 

A Secretaria do Trabalho do Ministério da Economia estima que cerca de R$ 2,8 bilhões sejam pagos a 3,4 milhões de trabalhadores. O pagamento refere-se ao abono salarial de 2018, ano-base 2017.

 

Os trabalhadores da iniciativa privada devem procurar a Caixa Econômica Federal. A consulta pode ser feita pessoalmente, pela internet ou pelo telefone 0800-726-0207. Os servidores públi

PEC 300/16: ameaças aos direitos trabalhistas na Constituição

PEC 300/16 aprofunda Reforma Trabalhista dando-lhe caráter constitucional

 

Com a crença mitológica que é possível melhorar o mercado de trabalho mitigando ou retirando direitos, os poderes Executivo e Legislativo, em sintonia e capturados pelo mercado, dão continuidade e mais efetividade à Reforma Trabalhista, segundo à lógica do capital. Do lado do governo, tratou de enviar a MP 870/19, que acabou com o Ministério do Trabalho (MTb) e do outro lado, no Poder Legislativo, foi apresentado agora em janeiro parecer favorável à chamada PEC da Reforma Trabalhista (PEC 300/16).

 

A PEC 300/16, do deputado reeleito Mauro Lopes (MDB-MG), altera dispositivos da Constituição para dispor sobre jornada de trabalho de até 10 horas diárias, redução do aviso prévio de 90 para 30 dias, manutenção da prev

Teto do INSS sobe de R$ 5.645,80 para R$ 5.839,45, em 2019

Aposentados e pensionistas do Regime Geral, a cargo do Instituto Nacional do Seguro Social (INSS) tiveram reajuste de 3,43% nos benefícios acima do salário mínimo. O porcentual é do Índice Nacional de Preços ao Consumidor (INPC) divulgado, na última sexta-feira (10), pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE). Com isso, o teto dos benefícios previdenciários deve ficar em R$ 5.839,45, R$ 193,70 a mais do que o atual, de R$ 5.645,80.

 

EM 2018 (R$)       EM 2019 (R$)

 

1.000                     1.034,30

1.500                     1.551,45

Receita abre consulta a restituição do Imposto de Renda de 2008 a 2018

A Receita liberou hoje (14) a consulta ao lote multiexercício de restituição do Imposto sobre a Renda da Pessoa Física ,contemplando as restituições residuais referentes aos exercícios de 2008 a 2018.

 

O crédito bancário para 257.094 contribuintes será realizado no dia 15 de janeiro, totalizando mais de R$ 667 milhões. Desse total, cerca de R$ 268,9 milhões são para contribuintes com preferência para o recebimento: 7.677 idosos acima de 80 anos, 45.899 contribuintes entre 60 e 79 anos, 5.487 pessoas com alguma deficiência física ou mental ou moléstia grave e 20.742 contribuintes cuja maior fonte de renda seja o magistério.

 

Para saber se teve a declaração liberada, o contribuinte deverá acessar a página da Receita na Internet (http://idg.receita.fazenda.gov.br), ou ligar para o Receitafone

Arrecadação Própria da PB tem incremento de 20,71% em dezembro de 2018

A receita própria do Estado (ICMS, IPVA, ITCD e Taxas) registrou, em dezembro último, uma arrecadação superior a R$ 603 milhões. No mesmo período de 2017, a arrecadação foi de R$ 500 milhões. No comparativo dos meses, houve crescimento de 20,71% da receita, ou seja, R$ 103 milhões a mais de recursos disponíveis nos cofres estaduais.

Parabenizamos as auditoras e os auditores fiscais pelo resultado alcançado.

 

Transferências Constitucionais crescem em dezembro

 

Com os recursos oriundos das transferências constitucionais do Governo Federal (FPE, Fundeb, Cide, Fex, IOF-Ouro, IPIExp, Lei Kandir e Royalties), a Paraíba pôde contabilizar em caixa, em deze

Governo vai fazer pente-fino em 2 milhões de benefícios do INSS

O governo federal vai fazer uma auditoria em 2 milhões de benefícios pagos pelo Instituto Nacional do Seguro Social (INSS) que têm indícios de irregularidade. O anúncio foi feito pelo secretário Especial da Previdência e Trabalho, Rogério Marinho, após reunião, no Palácio do Planalto, para tratar da medida provisória de combate a fraudes no INSS, que deve ser editada pelo presidente Jair Bolsonaro até segunda-feira (14).

 

Marinho se reuniu com os ministros Onyx Lorenzoni (Casa Civil) e Paulo Guedes (Economia) para avaliar o texto da medida provisória. “Há mais de 2 milhões de benefícios que precisam ser auditados, porque têm algum indício de ilicitude. Por isso há necessidade de fazer uma espécie de mutirão para zerar esse estoque”, disse Marinho.

 

Segun

“Não vai ser nada de elevado” garante Benevides sobre alta nas contas de água na Paraíba

O assessor para assuntos regulatórios da Companhia de Água e Esgotos da Paraíba (Cagepa), Ricardo Benevides, garantiu, nesta quinta-feira (10), que o reajuste nas contas de esgotamento sanitário e abastecimento de água dos paraibanos “não será nada elevado”.

 

Benevides afirmou que ainda não há uma definição de valores, mas que o reajuste está confirmado e será “pequeno e dentro da realidade”.

 

A Cagepa realizará audiência pública  no próximo dia 18 com objetivo de dar conhecimento e fundamentar proposta de reajuste das tarifas dos serviços públicos de abastecimento de água e esgotamento sanitário nos municípios da Paraíba em que é responsável pela operação dos sistemas.

 

“Para que a soc

Indicadores do mercado de trabalho fecham com estabilidade

Os dois indicadores do mercado de trabalho da Fundação Getulio Vargas (FGV) fecharam 2018 com estabilidade. Tanto o Indicador Antecedente de Emprego (Iaemp) quanto o Indicador Coincidente de Desemprego (ICD) ficaram estáveis de novembro para dezembro.

 

O Iaemp, que busca antecipar tendências do mercado de trabalho através de entrevistas com consumidores e com empresários da indústria e do setor de serviços, ficou em 97 pontos em uma escala de zero a 200. Apesar da estabilidade na passagem de novembro para dezembro, o indicador cresceu 2 pontos na média móvel trimestral, a segunda alta seguida.

 

Já o ICD, que mede a percepção dos consumidores sobre a situação atual do desemprego, ficou em 98,9 pontos, em uma escala de zero a 200 (em que quanto maior a pontuação, pior &eacut

TCE-PB terá robô para ‘vasculhar’ sites das prefeituras e Estado

O Tribunal de Contas da Paraíba (TCE-PB) está desenvolvendo um serviço de Inteligência Artificial (robô) para verificar a manutenção e atualização dos sites de transparência das Prefeituras e do Estado na internet.

 

O projeto ‘Turmalina’, realizado em parceria com a Universidade Federal  de Campina Grande (UEPB), deverá ser lançada no próximo dia 23 de janeiro, conforme anunciou o presidente do TCE-PB, André Carlo Torres, em entrevista ao programa Arapuan Verdade, da Rádio Arapuan FM.

 

“Turmalina é uma robô que fica visitando o dia todo sites de transparência dos municípios e do Estado verificado se as páginas estão no ar e o seu conteúdo. Isso possibilita que qualquer cidadão saiba se o site do seu município está no ar e tem conte&uacut

Refis vai acabar, afirma secretário da Receita Federal

Marcos Cintra prevê que no governo Bolsonaro deverá ser criado um programa de combate ao devedor contumaz.

 

Ano Novo, Vida Nova. Nem por isso melhor. O novo governo promete endurecer o jogo com os devedores contumazes que vivem aderindo a programas especiais de parcelamento de débitos fiscais, os chamados Refis;

 

É o que prevê o secretário especial da Receira, Federal, Marcos Cintra. Em entrevista ao jornal "Valor Econômico" ele afirmou que o Refis,  programa de renegociação de dívidas tributárias, deve deixar de existir no governo de Jair Bolsonaro.

 

O primeiro duelo dele será com a bancada ruralista, uma das primeiras a apoiar a candidatura de Jair Bolsonaro durante a campanha eleitoral e cujo novo coordenador, deputado Alceu Moreira (MDB-RS), quer novo prazo de adesão ao Refis Rural, cujo prazo

Mercado mantém expectativa de inflação em 4,01% e dólar a R$ 3,80

Divulgado hoje, em Brasília, o Boletim Focus do Banco Central projeta a inflação anual oficial do país – medida pelo IPCA - em 4,01% e o câmbio em R$ 3,80. Os dois indicadores são os mesmos apontados há uma semana. Já as expectativas de crescimento econômico tiveram ligeira redução: de 2,55% para 2,53.

 

Na comparação das últimas semanas, as projeções de inflação, dólar e crescimento da economia seguem estáveis. Para o próximo ano, analistas ouvidos pelos Focus continuam prevendo inflação de 4% em 2020 e 3,75% em 2021.

 

 

Para 2010, as projeções indicam dólar a R$ 3,80 e a R$ 3,85 em 2022. Nos dois anos, a estimativa é de que a alta do Produto Interno Bruto - PIB (a soma de todas as riquezas produzidas pelo país) fique

Auditora Elaine Carvalho assume a Afrafep

Em solenidade realizada sexta-feira última (4), a auditora fiscal Elaine Carvalho foi empossada na presidência da Afrafep. Como 1º e 2º vice-presidentes, foram empossados os auditores fiscais Wilton Camelo Sousa e Luiz Gonzaga Filho, respectivamente.

Um grande número de auditoras e auditores fiscais prestigiou a solenidade, que contou ainda com a presença das entidades representativas do Fisco, a exemplo do Sindifisco-PB.


 Na avaliação da diretoria do Sindicato, Elaine, Wilton e Luiz Gonzaga reúnem muitas qualidades, têm a confiança da categoria e isso os credenciam a fazer uma grande gestão à frente da Afrafep. “A direção do Sindifisco-PB torce para o sucesso do grupo e está aberto às parcerias ou qualquer outra iniciativa que possa representar o crescimento da categoria fiscal”, com

Posse Governador do Estado

Representando a direção do Sindifisco-PB, o presidente Manoel Isidro  participou da posse do governador, João Azevedo, e da vice-governadora, Lígia Feliciano, em solenidade realizada terça-feira última (1º), no Teatro A Pedra do Reino.

 

Isidro acredita que as auditoras e os auditores fiscais podem continuar viabilizando, financeiramente, o Estado com as Receitas Próprias e ajudar o Governo a proporcionar serviços públicos de qualidade à população paraibana.


A direção do Sindicato deseja uma gestão bastante exitosa ao novo chefe do Poder Executivo Estadual.

Reforma da Previdência

O presidente Jair Bolsonaro afirmou na última semana que a "ideia inicial" do Governo Federal para aprovar uma Reforma da Previdência é estabelecer de forma gradativa idade mínima para aposentadoria de 62 anos para homens e 57 para mulheres.

 

A sugestão, se encaminhada ao Congresso, altera o projeto de Reforma da Previdência apresentado pelo ex-presidente Michel Temer, que propõe 65 anos para obtenção do benefício, inicialmente para ambos os sexos. Texto aprovado em comissão especial na Câmara dos Deputados, porém, estabelece 65 anos para os homens e 62 para as mulheres. A medida, no entanto, não afeta quem está na ativa e já atingiu os requisitos mínimos para aposentadoria, uma vez que teria direito adquirido.


Ao determinar as novas idades

Reforma Tributária Solidária I

Muito tem sido falado sobre a necessidade de uma reforma tributária. As opiniões refletem pontos de vista particulares, afastados da realidade e sem considerar os verdadeiros e legítimos interesses do Brasil e do povo brasileiro.

 

Diante da possibilidade de aprovação de uma reforma que possa ser prejudicial ao Brasil e à sua população, a Fenafisco e a Anfip lançaram, recentemente, no plenário da Câmara dos Deputados o Movimento Reforma Tributária Solidária: Menos Desigualdade, Mais Brasil. As duas entidades que congregam os profissionais do Fisco realizaram a mais completa obra sobre tributos já elaborada no Brasil.


Com a participação de mais de quarenta especialistas, dentre os mais renomados do País, foi elaborado um diagnóstico co

Governo estuda aumentar IR para rendas mais altas, diz secretário

Segundo Marcos Cintra, equipe também discute imposto único

 

O novo governo estuda o aumento da alíquota de Imposto de Renda para as faixas mais altas de Imposto de Renda (IR), disse o secretário especial da Receita Federal, Marcos Cintra. Ele não detalhou de quanto seria a nova alíquota nem sobre qual faixa incidiria, mas confirmou que a medida está em discussão pela equipe econômica.

 

“O sistema tributário brasileiro precisa ter uma certa progressividade. Não iremos ao extremo de ter apenas uma alíquota. Poucas alíquotas são absolutamente adequadas e uma alíquota adicional para altas rendas, altos rendimentos”, declarou o secretário, após a cerimônia de transmissão de cargo para o ministro da Economia, Paulo Guedes.

 

A progressividade tributária caracte

Deputados avaliam possibilidade de reforma da Previdência no governo Bolsonaro

A possibilidade de uma reforma da Previdência ser aprovada durante o governo Jair Bolsonaro foi abordada por parlamentares que acompanharam a posse do novo presidente da República. No seu discurso de posse, Bolsonaro destacou a necessidade de se fazer reformas estruturantes no País.

 

 

Jair Bolsonaro tomou posse como presidente da República nesta terça-feira (1º), no Plenário da Câmara dos Deputados

O atual deputado e senador eleito Major Olimpio (PSL-SP) ressaltou que alterar as regras de aposentadoria é prioridade para a nova gestão. Ele informou que a partir de 1º de fevereiro, quando o Congresso retoma os trabalhos, o Executivo deve enviar seu pacote de propostas.

Carta das centrais sindicais ao presidente Bolsonaro; entidades querem diálogo

As 6 maiores centrais sindicais manifestaram ao presidente Jair Bolsonaro, a disposição de construir “diálogo em benefício dos trabalhadores”. Na carta, as entidades destacam que as maiores preocupações são o destino da política de valorização do salário mínimo, do Fundo de Garantia por Tempo de Serviço (FGTS), do Seguro Desemprego, do Abono Salarial, das políticas de intermediação de mão de obra e de qualificação profissional, tão fundamentais neste momento de crise econômica”.

 

“Faz parte do jogo democrático investir num amplo processo de negociação política, que envolva o Governo Federal, o Parlamento, a sociedade civil e os seus segmentos organizados, como a via civ

Feliz Ano Novo

Confiança é a palavra que melhor define o sentimento da diretoria do Sindifisco-PB em relação ao Ano Novo que está chegando.


A expectativa é que 2019 seja bastante desafiador. Por isso, é fundamental mantermos nossa união - marca da categoria fiscal - pois, dessa forma, conseguiremos alcançar nossos objetivos no tocante à manutenção e conquista de direitos para a classe fiscal.


Na última convocação do ano aos filiados ao Sindifisco-PB, o chamado é para que permaneçamos juntos na caminhada e continuarmos escrevendo mais um capítulo da nossa história de luta, com coragem para enfrentar e vencer os desafios que forem surgindo ao longo de 2019.


Além da categoria fiscal, que nossa

Governo Central tem terceiro pior déficit para meses de novembro

Aumento de repasses para estados explica resultado

 

A transferência de recursos para estados e municípios e a recuperação dos gastos não obrigatórios do Executivo fizeram o déficit primário do Governo Central (Tesouro Nacional, Previdência Social e Banco Central) voltar a registrar déficit primário em novembro. Segundo números divulgados hoje (27) pelo Tesouro Nacional, o resultado ficou negativo em R$ 16,206 bilhões no mês passado, contra superávit de R$ 1,261 bilhão registrado em novembro de 2017.

 

O déficit primário representa o resultado negativo nas contas do governo desconsiderando o pagamento dos juros da dívida pública. O resultado de novembro foi o terceiro pior para o mês desde o início da série histórica, em 1997, só perdendo para novembro de 2016, qua

Bancos que mandam no Brasil agora começam a dominar a imprensa

BTG poderá decidir praticamente sozinho sobre o plano de recuperação judicial do antigo império da família Civita.

 

QUASE TUDO QUE se consome de informação nesse país, algo como 70%, pertence a seis famílias: Marinho (Organizações Globo), Frias (Folha de S. Paulo, UOL), Mesquita (O Estado de S. Paulo), Saad (Bandeirantes), Abravanel (SBT) e Civita (Abril).

 

Os Civitas, porém, foram engolidos por uma dívida de R$ 1,6 bilhão, e a Abril entrou com pedido de recuperação judicial em agosto. Quase toda essa dívida, mais de R$ 1 bilhão, era com, voilá!, os bancos.

 

Quem deve R$ 1 bilhão aos bancos, já pertence de corpo e alma a eles. Nesta quinta, porém, fomos informados que a família Civita vendeu 100% da empresa para o investidor Fábio Carva

Um terço dos municípios do País não gera receita nem para pagar salário do prefeito

Em cidades com menos de 20 mil habitantes, mais de 90% da receita vem de transferências da União e dos Estados, segundo dados da Firjan; no Congresso, está em tramitação um projeto de lei que permite a criação de mais 400 municípios

       

Um em cada três municípios brasileiros não consegue gerar receita suficiente sequer para pagar o salário de prefeitos, vereadores e secretários. O problema atinge 1.872 cidades que dependem das transferências de Estados e da União para bancar o custo crescente da máquina pública, segundo levantamento da Federação das Indústrias do Estado do Rio (Firjan).

 

Alguns desses municípios foram criados após a Constituição de 1988, que facilitou...

 

 

O Estado de S.Paulo

Prazo de saque do abono salarial 2016 termina nesta semana

O prazo para o saque do Abono Salarial ano-base 2016 termina na próxima sexta-feira (28). Cerca de 7,5% dos trabalhadores com direito ao recurso ainda não sacaram o dinheiro. O valor ainda disponível de R$ 1,3 bilhão para 1,8 milhão de trabalhadores. Inicialmente, o prazo limite era 29 de junho, mas a prorrogação foi autorizada em julho por resolução do Conselho Deliberativo do Fundo de Amparo ao Trabalhador (Codefat).

 

Até o momento, já foram pagos R$ 16,7 bilhões para 22,7 mil trabalhadores. A região com maior percentual de beneficiários a receber o Abono 2016 é a Centro-Oeste, onde 11,63% das pessoas com direito ao recurso ainda não foram ao banco receber o benefício.

 

O estado com mais trabalhadores que ainda não retiraram o dinheiro é São Paulo. São 410,5 mil pesso

janeiro a novembro: Receitas do Estado superam R$ 9,4 bilhões

No acumulado da receita própria da Paraíba, de janeiro a novembro último, o Fisco Estadual garantiu recursos superiores a R$ 5, 4 bilhões, contra pouco mais de R$ 5 bilhões arrecadados em igual período do ano passado. O incremento de um ano para outro ficou acima de R$ 395 milhões, ou seja, 7,81% de crescimento na arrecadação de ICMS, IPVA, ITCD e Taxas.

 

Já no acumulado das transferências constitucionais (FPE, Fundeb, Cide, Fex, IOF-Ouro, IPIExp, Lei Kandir e Royalties), no período de janeiro a novembro, o Governo Federal repassou à

Página 1 de 122 [1 2 3 4 5 6 7 8 9 > >> ]