Menu

(83)3044-3282 (JP)    (83)2102-0800 (CG)       Siga-nos

Ler Notícia

Educação financeira resgata a saúde do bolso
segunda-feira, 13 de novembro, 2017

Planejar o futuro significa estar preparado para as oportunidades e adversidades. Diante disso, o ciclo de palestras do VII Enape, trouxe ao debate, no painel III (Gestão Pessoal de Finanças na Aposentadoria) o planejamento financeiro como estratégia para equilibrar o orçamento pessoal, gerar reservas e realizar sonhos.

 

A palestrante Odete Reis falou sobre a importância da educação financeira para direcionar recursos a investimentos inteligentes, que garantam segurança e qualidade de vida na aposentadoria. “Economizar dinheiro é uma decisão assertiva para quem deseja alcançar a independência financeira. Quanto mais cedo começar a guardar, melhor, porque o futuro começa hoje”, alertou.

 

Segundo a educadora financeira, existem cinco grandes vilões que atuam contra o nosso dinheiro, sendo eles: o consumo sem controle; juros altos; financiamento; cartão de crédito e o cheque especial. “O crédito fácil e disponível estimula o consumo desnecessário e promove o desequilíbrio das finanças e o endividamento. Ele faz com que você compre tudo o que não precisa, com o dinheiro que não tem, para impressionar quem você nem gosta”, brinca.

 

Ela enfatiza que a saúde financeira é sinônimo de equilíbrio orçamentário. “Antes de realizar qualquer gasto, pergunte a si mesmo: Eu preciso dessa compra? Eu tenho dinheiro para isso? Tenho que comprar agora? Se para esses três questionamentos a resposta for SIM, então você pode seguir em frente”, disse.

 

AÇÕES POSITIVAS

 

Disciplinar e organizar as finanças permite a realização de planos futuros e oferece condições para gerir a renda de forma eficiente, mesmo sem alterações na receita.  “Os gastos fixos, (aluguel, água, luz, telefone, etc.) não podem ultrapassar 55% do orçamento mensal. Já os gastos variáveis (como lazer, cuidados pessoais e vestuário) devem ter disponíveis 35%, ao passo que o ideal é guardar o restante, ou seja, os 10% do que sobra como uma reserva de emergência”, explicou.

 

FINANÇAS DA FAMÍLIA

 

Envolver toda a família no planejamento financeiro é fundamental para reequilibrar o orçamento, cortar gastos e poupar dinheiro. Quando todos estão envolvidos, alcançar resultados torna-se mais fácil. Isso é o que diz Odete Reis. “Ensine a criança a economizar. Estimule a poupança e ensine o valor do dinheiro. Medidas como demorar menos no banho, apagar as luzes quando sair dos cômodos e restringir o número de ligações por dia são regras eficazes economizar”.

 

A palestrante destacou que ter uma reserva financeira é importante para cobrir imprevistos, realizar pagamentos à vista e viabilizar a concretização de metas de médio a longo prazo (viajens, cursos, aquisição de imóveis). “Transforme sonhos em objetivos. A fórmula para enriquecer é gastar menos do que se ganha e os ingredientes para o sucesso financeiro são três: Tempo, juros compostos e decisões inteligentes.

 

Ao final todos foram convidados a uma reflexão: “Lembrem-se que as melhores coisas da vida não tem preço, tem valor”, concluiu.

Ascom Fenafisco

Outras Notícias
 

Perguntar não ofende!

sábado, 14 de julho, 2018

Senado Federal discute Reforma Tributária Solidária

sexta-feira, 13 de julho, 2018

Ministro suspende por 90 dias procedimentos sobre registro sindical

quinta-feira, 12 de julho, 2018

Relator pretende concluir discussões sobre a Reforma Tributária na comissão especial em agosto

quinta-feira, 12 de julho, 2018

Câmara aprova isenção de energia para famílias de baixa renda

quarta-feira, 11 de julho, 2018

Senado aprova projeto de lei sobre proteção de dados pessoais

quarta-feira, 11 de julho, 2018

Senado aprova readmissão de empresas no Supersimples

quarta-feira, 11 de julho, 2018

Reforma Tributária Solidária

segunda-feira, 09 de julho, 2018

Receita libera hoje consulta ao segundo lote de restituição do IR

segunda-feira, 09 de julho, 2018

Página 1 de 387 [1 2 3 4 5 6 7 8 9 > >> ]