Menu

(83)3044-3282 (JP)    (83)2102-0800 (CG)       Siga-nos

Ler Notícia

Procon-JP notifica 95 postos devido ao valor da gasolina
segunda-feira, 04 de junho, 2018

A Secretaria Municipal de Proteção e Defesa do Consumidor notificou 95 postos de combustíveis dos 117 em atividade para que apresentem as últimas notas fiscais de compra para a gasolina e, esta semana, vai seguir o mesmo caminho para averiguação dos preços do diesel, que caiu 46 centavos nas refinarias, segundo anúncio do Governo Federal.

 

Além da gasolina e do óleo diesel (que começou a sair das refinarias 46 centavos mais barato desde o dia 31 de maio de 2018), o Procon-JP também está percorrendo os pontos de revenda do GLP (gás de cozinha), atendendo às denúncias do consumidor de preços exorbitantes e estoque do produto. Segundo o secretário Helton Renê, o abastecimento do gás de cozinha está se normalizando na Capital, de forma lenta, ainda, devido à demanda reprimida.

 

Helton Renê acrescenta que “de acordo com a última pesquisa do Procon-JP, realizada em abril passado, o maior valor do botijão de 13 quilos era praticado a R$ 70,00, então, qualquer valor acima disso pode ser considerado, no mínimo, passível de averiguação, por isso aconselho ao consumidor a procurar o Procon-JP quando sentir qualquer dúvida”.

 

Diesel – Quanto à redução nos preços do diesel, o secretário Helton Renê avalia que os efeitos para o consumidor deve ser sentido ainda esta semana. “Como estamos monitorando os preços dos combustíveis através de nossas pesquisas comparativas e das fiscalizações iniciadas antes da greve dos caminhoneiros, temos parâmetros para saber se há abusividade e se os aumentos para a gasolina e a redução para o diesel estão sendo aplicados de acordo com o anúncio da Petrobras”.

 

Nas bombas – Helton Renê disse que a Secretaria vai fiscalizar a redução dos R$ 0,46 no preço do litro do diesel, nas bombas, já que os representantes das distribuidoras e donos dos postos afirmam que o repasse da redução não é o anunciado.

 

“As distribuidoras e as entidades representativas dos postos devem se entender com a Petrobras. Nós vamos fiscalizar se o consumidor está pagando 46 centavos a menos no preço do diesel em estoque novo. Se isso não ocorrer nos próximos dias, vamos notificar para que o posto se explique e, no caso de irregularidade, vamos tomar as medidas legais cabíveis”.

 

Portal : ParaíbaJÁ

Outras Notícias
 

“Reforma Tributária Solidária” recebe reconhecimento em prêmio de comunicação

segunda-feira, 12 de novembro, 2018

Auditor Fiscal - Agente de Transformação Social

sábado, 10 de novembro, 2018

Sindifisco-PB participa do III Fórum Paraibano de Direito Tributário

sábado, 10 de novembro, 2018

Recomeça a luta em defesa da Previdência

sábado, 10 de novembro, 2018

Concurso do Fisco

sábado, 10 de novembro, 2018

Eleições da Afrafep

sábado, 10 de novembro, 2018

Boletos vencidos de todos os tipos serão pagos em qualquer banco

quinta-feira, 08 de novembro, 2018

Decreto de Temer fecha portas de concursos públicos a pessoas com deficiência

quarta-feira, 07 de novembro, 2018

TCE-PB sedia a partir desta segunda XVIII Simpósio Nacional de Auditoria de Obras Públicas

segunda-feira, 05 de novembro, 2018

Página 1 de 397 [1 2 3 4 5 6 7 8 9 > >> ]