Menu

(83)3044-3282 (JP)    (83)2102-0800 (CG)       Siga-nos

Ler Notícia

Conta de energia permanece mais cara em julho
sábado, 30 de junho, 2018

A exemplo de junho, as contas de luz terão bandeira vermelha no patamar 2 também no mês de julho – o que acarretará em uma cobrança extra de R$ 5,00 a cada 100 quilowatts-hora (kWh) consumidos.

 

A manutenção da tarifa extra foi decidida hoje (29) pela Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel), tendo por base a “manutenção das condições hidrológicas desfavoráveis e a tendência de redução no nível de armazenamento dos principais reservatórios do Sistema Interligado Nacional”.

 

Nos quatro primeiros meses do ano, vigorou a bandeira verde, o que não implicava em cobrança extra na conta de luz. Em maio, vigorou a bandeira tarifária amarela, em que há adicional de R$ 1 na conta de energia do consumidor a cada 100 kWh consumidos.

 

Sistema

O sistema de bandeiras tarifárias foi criado, de acordo com a Aneel, para sinalizar aos consumidores os custos reais da geração de energia elétrica.

 

A adoção de cada bandeira, nas cores verde, amarela e vermelha (patamar 1 e 2), está relacionada aos custos da geração de energia elétrica. No patamar 1, o adicional nas contas de luz é de R$ 3,00 a cada 100 kWh; já no 2, o valor extra sobe para R$ 5,00.

 

Dicas de economia

 

Diante da situação atual dos reservatórios, a Aneel apresentou algumas dicas para que os consumidores economizem energia. Entre elas a de, no caso do uso de chuveiros elétricos, se tomar banhos mais curtos e em temperatura morna ou fria.

 

Sugere também a diminuição no uso do ar condicionado e que, quando o aparelho for usado, que se evite deixar portas e janelas abertas, além de manter seu filtro limpo. A Aneel sugere, ainda, que o consumidor tenha atenção para deixar a porta da geladeira aberta apenas o tempo que for necessário, e que nunca se coloque alimentos quentes em seu interior.

 

Uma outra dica da Aneel para que o consumidor economize energia é a de juntar roupas para serem passadas de uma só vez, e que não se deixe o ferro de passar ligado por muito tempo. Sugere também que, durante longos períodos de ausência, o consumidor evite deixar seus aparelhos em stand-by. Nesse caso, o mais indicado é retirá-los da tomada.

 

Agência Brasil

Outras Notícias
 

PEC 6/2019: Fenafisco critica reforma da Previdência na Câmara

sexta-feira, 22 de fevereiro, 2019

Declaração do IR deve ser entregue entre 7 de março e 30 de abril

sexta-feira, 22 de fevereiro, 2019

Entidades sindicais se reúnem com o relator da ADI 2.238 no STF

sexta-feira, 22 de fevereiro, 2019

Atenção, servidores! Sua remuneração poderá diminuir em breve!

quinta-feira, 21 de fevereiro, 2019

Comissão estuda Decretos da Progressão e do PDRH

quarta-feira, 20 de fevereiro, 2019

Câmara aprova suspensão de decreto sobre sigilo de documentos

quarta-feira, 20 de fevereiro, 2019

BR 101: Receita Estadual realiza operação conjunta com Fisco Potiguar de combate à sonegação fiscal

quarta-feira, 20 de fevereiro, 2019

Entenda as regras de transição previstas na reforma da Previdência

quarta-feira, 20 de fevereiro, 2019

Combatendo a sonegação fiscal

segunda-feira, 18 de fevereiro, 2019

Página 1 de 409 [1 2 3 4 5 6 7 8 9 > >> ]