Menu

(83)3044-3282 (JP)    (83)2102-0800 (CG)       Siga-nos

Ler Notícia

Contra fatos...
sábado, 04 de agosto, 2018

Defensores da reforma trabalhista alegavam que as mudanças na legislação não trariam prejuízos aos trabalhadores. Porém, dados recentes do IBGE contrariam esse discurso. 

 

Segundo dados da Pnad Contínua (Pesquisa Nacional por Amostra de Domicílios Contínua), recém-divulgada pelo IBGE, no período de um ano, o mercado perdeu 497 mil vagas de trabalho com carteira assinada.


A pesquisa revela também que o setor privado encolheu 1,5% no segundo trimestre de 2018 comparado com mesmo período de 2017.


 Os números mostram que a classe trabalhadora começa a sofrer os efeitos negativos da reforma, pois sem carteira assinada, o trabalhador perde direitos básicos garantidos na Consolidação das Leis do Trabalho, CLT, como seguro desemprego, auxílio-doença e aposentadoria, entre outros.

Prevalece a máxima de que contra fatos não há argumentos.

 

Outras Notícias
 

Mercado prevê inflação de 4,01% e alta de 2,53% no PIB para este ano

segunda-feira, 21 de janeiro, 2019

Receitas do Estado têm incremento superior a R$ 744 milhões em 2018

sábado, 19 de janeiro, 2019

Mais da metade das capitais revisam impostos para aumentar arrecadação

quinta-feira, 17 de janeiro, 2019

Fenafisco articula estratégias contra a Reforma da Previdência proposta pelo Planalto

quinta-feira, 17 de janeiro, 2019

Nascidos em janeiro e fevereiro começam a receber abono salarial

quarta-feira, 16 de janeiro, 2019

PEC 300/16: ameaças aos direitos trabalhistas na Constituição

quarta-feira, 16 de janeiro, 2019

Teto do INSS sobe de R$ 5.645,80 para R$ 5.839,45, em 2019

quarta-feira, 16 de janeiro, 2019

Receita abre consulta a restituição do Imposto de Renda de 2008 a 2018

segunda-feira, 14 de janeiro, 2019

Arrecadação Própria da PB tem incremento de 20,71% em dezembro de 2018

domingo, 13 de janeiro, 2019

Página 1 de 404 [1 2 3 4 5 6 7 8 9 > >> ]